O que fazer quando descubro que tenho ceratocone?

Se você começou a perceber que agora as imagens que você enxerga estão ficando meio distorcidas, isso pode ser um sinal de que você tem ceratocone. O ceratocone é uma doença não inflamatória que atinge a córnea, afetando seu formato e a sua espessura, que é o que causa essa distorção na percepção das imagens pois essa doença deixa a córnea com um formato semelhante ao de um cone.

Esse problema pode ser corrigido de diversas maneiras, e uma dessas maneiras é a ceratocone cirurgia. Essa cirurgia pode ser feita de várias formas, desde o implante da lente intraocular até o transplante da córnea, e qualquer procedimento desses vai depender do caso do paciente, por isso é fundamental que você faça o acompanhamento médico constante com o seu oftalmologista para saber o que é melhor para o seu caso específico.

uma imagem sobre ceratocone cirurgia

Antes de ser necessário recorrer ao procedimento cirúrgico, o ceratocone pode ser reparado de outras formas, como o uso de óculos de grau e lentes de contato, pois na sua fase inicial essa doença se manifesta como um astigmatismo irregular. Conforme a doença vai ficando mais grave, torna-se necessário recorrer a outros procedimentos, como a cirurgia.

O ceratocone é diagnosticado com base em alguns exames objetivos, como a topografia da córnea e a paquimetria ultrassônica, além da análise das características clínicas do paciente. Por isso, é fundamental que você procure o seu oftalmologista caso sinta algum sintoma do ceratocone, pois quanto antes ele identificar o seu problema, mais rápido você vai descobrir qual o seu caso e vai conseguir resolvê-lo.

Para saber mais sobre ceratocone, tratamento, diagnóstico e sintomas, recomendo a leitura deste texto: http://www.visarerio.com.br/cirurgias/ceratocone/. Ele é bem esclarecedor e pode te ajudar a entender melhor essa doença para que você procure o seu médico, caso ache que está com ela.